Em busca do tricampeonato, Grêmio recebe o Lanús nesta quarta-feira

Enfim, a grande final da Copa Libertadores da América chegou. Nesta quarta-feira, na Arena, o Grêmio terá a primeira batalha contra o Lanús pelo troféu do torneio mais disputado do continente sul-americano. O Tricolor Gaúcho luta pelo Tricampeonato enquanto o time argentino tenta o título inédito para o clube.

O confronto marca a 14ª final da Libertadores decidida em disputa entre brasileiros e argentinos. Os hermanos estão levando a melhor, com nove títulos contra apenas quatro dos brasileiros. O Grêmio vai para a quinta decisão do torneio e tenta quebrar um tabu, pois as duas vezes que foi vice-campeão foram finais contra argentinos.

O Lanús vai entrar em campo com cinco jogadores considerados titulares. São eles: o goleiro Andrada, o lateral-direito Gómez, o zagueiro Braghieri e os meio-campistas Marcone e Martínez. Já o Grêmio tem apenas dois atletas pendurados: o zagueiro Walter Kannemann e o lateral-direito Edílson.

O time gaúcho utilizou o Campeonato Brasileiro para manter o ritmo de jogo dos titulares e aproveitou a pausa da semifinal até a decisão para recuperar jogadores que estavam com desgastes musculares. O técnico Renato Portaluppi vai contar com o grupo principal em peso e deve repetir a escalação do confronto contra o Barcelona-EQU, na semifinal da competição.

Os únicos mistérios seriam no meio de campo. Na extrema-esquerda, Fernandinho e Everton disputam a posição. A tendência é que o primeiro seja o escolhido pelo comandante tricolor. Na volância, Michel e Jailson são as opções para formar dupla com Arthur. O garoto Jailson deve levar a melhor e ser o escolhido para iniciar o duelo.

O zagueiro Pedro Geromel ressaltou a força do adversário, porém lembrou que é importante construir uma vantagem no primeiro jogo. “A gente sabe que vai ser um jogo difícil. Da nossa parte não vai faltar entrega, determinação e luta. A gente vai fazer de tudo para tentar construir uma certa vantagem. Nós sabemos que eles têm o time muito coeso e bem treinado. Eles estão vindo de uma crescente, conquistando títulos. Então, a gente respeita muito adversário e sabemos da força dele. Mas jogando em casa, a gente vai procurar fazer o nosso melhor para conseguir uma boa vantagem”, destacou.

Após eliminarem dois clubes argentinos no torneio, os jogadores do Lanús querem fazer história no time grená. O atacante Lautaro Acosta colocou um possível favoritismo da final para a equipe gaúcha. “Como o Grêmio vem jogando, pela hierarquia e pela história que tem, me parece que eles são favoritos. É normal e nós não temos nenhum problema com isso. Eles são uma equipe que jogam muito bem. Porém, nós estamos vindo de fases complicadas, de uma partida que nos davam como eliminados e parece que isso nos fortaleceu para chegar até a final. Mas não creio que somos favoritos, creio que são eles, mas nós estamos fortalecidos”, destacou.

Sem ser o favorito dos confrontos que o Lanús chegou até a final da Libertadores e surpreendeu muita gente. Principalmente após eliminar o compatriota River Plate na semifinal em virada histórica. Para o duelo desta quarta-feira, o técnico Jorge Almirón vai contar com a equipe completa e manter o esquema 4-3-3.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X LANÚS
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 22 de novembro de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Júlio Bascuñan (CHI)
Assistentes: Carlos Astroza (CHI) e Christian Schiemann (CHI)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Walter Kannemann e Bruno Cortez; Jailson (Michel), Arthur, Ramiro, Luan e Fernandinho (Everton); Lucas Barrios.
Técnico: Renato Portaluppi

LANÚS: Andrada; José Gómez, Guerreño, Braghieri e Maxi Velázquez; Marcone, Pasquini, Román Martínez, Alejandro Silva e Lautaro Acosta; José Sand.
Técnico: Jorge Almirón

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *