PM e GCM abordam suspeitos de cometerem furto em residência

Pirassununga, 26 de julho de 2017 – Na tarde desta terça-feira (25), uma residência situada na Rua Riachuelo, altura da Vila Pinheiro foi alvo de um furto. Vários objetos foram levados do local, onde reside um casal de aposentados de 76 e 68 anos. A Polícia Militar e Guarda Civil Municipal, porém, trabalharam rápido e conseguiram deter três dos quatro suspeitos de terem praticado o crime.

De acordo com o boletim de ocorrências, comparecem ao Plantão Policial os PMs Jarbas e Fortes e o GCM Lino conduzindo dois  menores  infratores – um estudante de 16 anos e um desempregado de 17 anos – além de um jovem, também desempregado de 18 anos acusados de terem praticado o furto em um imóvel situado na Rua Riachuelo.

O caso teria ocorrido pouco antes das 16 horas e foram levados da casa uma bolsa, um DVD, uma câmera fotográfica e uma lente, uma TV com fone e controle remoto, cédulas antigas (mas sem valor econômico) e um telefone celular.

Eles atenderam uma denúncia via rádio que indicava que três rapazes estariam transitando nas proximidades do cemitério municipal carregando uma sacola e uma televisão. As guarnições seguiram ao local para verificar os fatos e no trajeto receberam nova informação via rádio dando conta de um furto de residência ocorrido nas proximidades.

Os PMs e GCMs então se dirigiram para a Rua Alzira Silveira Pinheiro em local já conhecido como de guarda de objetos e lá avistaram os menores, que segundo o boletim de ocorrências empreenderam fuga a pé. Eles, porém, foram detidos dois quarteirões à frente. No imóvel de onde os menores fugiram foram encontrados os objetos apreendidos, os quais foram furtados da casa da vítima.

Populares não identificados que estavam na rua disseram que um terceiro rapaz, moreno, magro, com tatuagens e usando uma bicicleta havia fugido também do imóvel. Os adolescentes disseram que esse terceiro rapaz os acompanhou no furto. Havia também um quarto elemento que não foi encontrado.

Os PMs Jarbas e Fortes então avistaram o autor pela Rua Ildo Genari e lhe deram voz de parada. De acordo com a polícia, ele teria se recusado a ser abordado e entrou em luta corporal com os policiais, sendo contido e detido mediante uso de força moderada. Ele negou sua participação no furto.

Os menores e o autor foram conduzidos à Delegacia de Polícia. Nos termos do Estatuto da Criança e Adolescente – ECA, os menores foram ouvidos e entregues aos responsáveis. Segundo o BO, não havia elementos robustos a comprovar a autoria por furto do jovem de 18 anos.  Ele foi ouvido sobre a resistência e colocado em liberdade sob compromisso. Será instaurado Inquérito Policial para a continuidade das investigações. Os objetos furtados foram restituídos à vítima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *