Dia D da campanha nacional de vacinação contra gripe acontece neste sábado

Pirassununga, 13 de maio de 2017 – Neste sábado, 13 de maio, acontece o “Dia D” da campanha de vacinação contra a gripe. As doses estarão disponíveis para bebês a partir dos seis meses e crianças menores de cinco anos de idade, idosos a partir dos 60 anos, gestantes, puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias), profissionais de saúde e professores das redes pública e privada.

A novidade anunciada pela Secretaria Estadual da Saúde nesta sexta-feira (12) foi da ampliação do público-alvo da campanha. Terão direito à vacina policiais civis e militares, bombeiros e profissionais que atuam na Defesa Civil, Correios, Poupatempo, Ministério Público Estadual (MPE), Procuradoria Geral do Estado (PGE) e Defensoria Pública.

De acordo com a pasta, isso permitirá o aumento da cobertura vacinal, que atingiu cerca de 40% do público-alvo, até o momento. Balanço preliminar da Secretaria, baseado nos dados informados pelos municípios paulistas, aponta que SP vacinou 4,5 milhões de pessoas desde o início da campanha, em 17 de abril, ainda abaixo do desejado.

Em Pirassununga, a adesão da vacina também não é das melhores. Dois grupos apresentam participação muito baixa: as crianças, com apenas 19% do público vacinado e os trabalhadores de saúde, com 27%. Já os idosos tiveram 45% do total vacinados, as gestantes 40% e as puérperas (mulheres até 45 dias após o parto) chegaram a 78%.

Segundo a Vigilância Epidemiológica, nesta temporada de 2017, o Ministério da Saúde pretende atingir, no mínimo, uma meta estipulada em 90% de imunizações para todos os grupos prioritários; até o ano passado, a exigência dos esforços propunha 80%de vacinação destas populações.

A campanha de vacinação terá o seu mutirão no “Dia D”, neste final de semana – sábado, dia 13, véspera do Dia das Mães – das 8 às 17 horas. Os postos no sábado são: CEM e nas USFs Centro 1, Esperança, Ferrarezi, Kamel, Laranjeiras, Limoeiro, Pinheiro, Redenção, Santa Fé, São Pedro, São Valentim, Raia e Triângulo.

Além de imunizar a população contra a gripe A H1N1, tipo que se disseminou pelo mundo na pandemia de 2009, as doses protegem a população contra os vírus A/Hong Kong (H3N2) e B/Brisbane. A vacina foi produzida pelo Instituto Butantan, órgão ligado à pasta, através de um processo de transferência de tecnologia.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *