Ariana Grande fará show beneficente em Manchester para vítimas de atentado

Ariana Grande fará uma apresentação beneficente em Manchester para vítimas de atentado que matou 22 e feriu 64 pessoas na saída de seu show, na segunda-feira (22). A cantora americana de 23 anos não se feriu. Ainda não há mais informações sobre o show especial.

Veja principais trechos do comunicado de Ariana:

“Eu não quero seguir o resto do ano sem ser capaz de dar uma força aos meus fãs, da mesma forma que eles me dão força. Nossa resposta a essa violência deve ser ficando mais juntos, para nos ajudarmos, nos amarmos mais, e cantar ainda mais alto e viver com mais carinho e generosidade que antes”.

“Eu vou retornar à incrivelmente corajosa cidade de Manchester para passar um tempo com meus fãs e fazer um show beneficente para arrecadar dinheiro para as vítimas e suas famílias. Eu quero agradecer meus queridos músicos e amigos que aceitaram ser parte dessa manifestação de amor por Manchester”.

“Desde que comecei a turnê Dangerous Woman juntos, eu disse que o show, mais do que tudo, era feito para ser um espaço seguro para os fãs. Um lugar para fugir de tudo, para celebrar, para ficar bem consigo mesmo. Para encontrar amigos que conhecia só online. Para se expressar. Isso não vai mudar”.

“A música é feita para nos curar, para nos unir, para nos fazer feliz. E é isso que ela vai continuar fazendo com a gente. Vamos continuar honrando aqueles que perdemos e todos os fãs afetados por essa tragédia. Eles estarão na minha mente e coração todos os dias e eu vou pensar em todos em tudo o que fizer para o resto de minha vida”.

Shows no Brasil

Os shows de Ariana Grande no Brasil seguem marcados e a venda de ingressos continua, segundo a produção do evento. A americana deve cantar em 29 de junho no Rio, na Jeunesse Arena (antiga HSBC Arena) e no dia 1º de julho em São Paulo, no Allianz Parque.

A cantora suspendeu sua turnê até 5 de junho. Ela se apresentaria nesta semana em dois shows na Arena O2, em Londres. Ela tinha apresentações marcadas na Suíça, Alemanha, Polônia e Bélgica.

Fonte: G1/Música

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *